Implosão de hospital em Niterói transcorre sem problemas. Assista ao vídeo

O prédio dará lugar ao novo Centro de Diagnóstico por Imagem da cidade

iG Rio de Janeiro |

A implosão do prédio do antigo Hospital Santa Mônica, em Niterói, transcorreu sem problemas na manhã desta sexta-feira. A demolição demorou 12 segundos e a operação foi considerada um sucesso. O prédio dará lugar ao novo Centro de Diagnóstico por Imagem de Niterói.

"Preocupação maior é que o prédio tombasse pro lado de uma torre de alta tensão, o que poderia deixar a cidade sem energia, mas o prédio tombou pro lado certo", disse Ícaro Moreno, presidente da Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro.

Ao todo, foram usados 150 kg de dinamite em 250 pontos do edifício, o que exigiu mil perfurações na estrutura do prédio. Quinze especialistas trabalharam na operação.

Para a execução do trabalho foi necessária uma fase de pré-detonação, com o enfraquecimento da estrutura e demolição das alvenarias. O entulho será triturado e reciclado para aproveitamento na construção da nova unidade de saúde.

Nova unidade terá 4 mil m²

Para atender à demanda de construção da nova unidade hospitalar, da Secretaria de Estado de Saúde, o projeto prevê a construção de um prédio de cinco pavimentos, com área total construída de 4.866,66 m².

O centro de Imagenologia contará com três salas de raio-x; duas salas de ressonância; duas salas de tomografia; cinco salas de ultrassonografia; quatro salas de ecocardiografia e duas salas de mamografia.

Com o novo equipamento, a Secretaria de Estado de Saúde oferecerá à população, gratuitamente, exames como tomografia computadorizada de artérias coronárias – que diagnostica a obstrução de artérias – e a ressonância de mama, indicada para detectar tumores em mamas de pacientes jovens ou submetidas à radioterapia ou com prótese de silicone.

O projeto para construção do Centro de Diagnóstico por Imagem de Niterói vai à licitação no próximo dia 19 de dezembro, com orçamento de R$ 20,531 milhões. O prazo de construção é de 10 meses após o memorando de início das obras.

*com informações do jornal O Dia

    Leia tudo sobre: implosãohospital santa mônicaniteróidemolição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG