Estudante morre após briga em república na zona sul do Rio de Janeiro

Vítima teria sido esfaqueada após uma discussão, segundo a polícia

O Dia * |

Luiz Ackermann / Agência O Dia
Fachada da república onde estudante foi morto na zona sul do Rio de Janeiro

Um estudante identificado como José Leandro Pinheiro, de 21 anos, morreu dentro de uma república na Rua Pacheco Leão, no Jardim Botânico, zona sul do Rio de Janeiro, na madrugada desta quinta-feira (25). Bruno Eusébio dos Santos, de 26 anos, é suspeito de cometer o crime. Ele teria esfaqueado José após uma discussão.

De acordo com PMs do 23º BPM (Leblon), José, natural do Ceará, foi encontrado morto no quarto com um ferimento na cabeça e uma marca de facada no peito. No local, ao lado do corpo, havia uma pedra de aproximadamente 30 centímetros. Segundo a PM, não houve festa na república e nem havia indícios de consumo de bebida alcoólica. Quando PMs chegaram ao local, Bruno estava desacordado na cozinha e havia uma faca sobre um armário.

Os dois são alunos do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), no mesmo bairro. Bruno ficou ferido e foi encaminhado para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. A república de estudantes está isolada para os trabalhos técnicos de perícia criminal. O caso foi registrado na 14ª DP (Leblon) e será investigado pela Divisão de Homicídios da Polícia Civil, que ouve pelo menos 10 testemunhas.

* Reportagem de Felipe Freire e Luarlindo Ernesto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG