Muda local da missa que encerra visita do papa ao Rio

Governo Federal pediu que missa não aconteça na Base Aérea de Santa Cruz, na zona oeste da cidade, porque a Aeronáutica não conseguiria adaptar o local para receber os fiéis

Agência Estado |

Agência Estado

AFP
Bento 16 durante a canonização de sete novos santos em Roma, em 21/10

A pedido do governo federal, a missa de encerramento da visita do papa Bento 16 ao Rio de Janeiro, em 28 de julho do próximo ano, não ocorrerá na Base Aérea de Santa Cruz, na zona oeste da capital fluminense. O novo local ainda não foi definido mas será na mesma região.

Uma comitiva de assessores do papa chegou nesta quarta-feira (24) ao Brasil para visitar e avaliar as opções, considerando a distância a ser percorrida e o espaço para os fiéis. O público esperado é de 2 milhões de pessoas.

Leia também:
Governo confirma Jornada Mundial da Juventude com o papa no Rio em 2013
Papa anuncia lema da Jornada Mundial da Juventude do Rio

Uma das hipóteses é que a missa seja promovida em Guaratiba, bairro mais perto do centro. O responsável pelas viagens do papa, Alberto Gasbarri, é quem deve escolher o novo local a partir de alternativas oferecidas pela prefeitura. A visita estava programada antes do veto à Base Aérea.

A Aeronáutica justificou o pedido alegando problemas de logística para retirar as aeronaves abrigadas na Base e adaptar o local para receber os fiéis.

O papa vai visitar o Rio para participar da 13ª Jornada Mundial da Juventude, evento promovido a cada três anos pelo Vaticano para difundir a religião entre os jovens. A edição anterior foi em Madri, em 2011.

A missa de abertura da jornada será celebrada na praia de Copacabana, no dia 23 de julho de 2013. Como o papa ainda não terá chegado, a cerimônia será comandada pelo arcebispo do Rio, d. Orani Tempesta. A cerimônia de acolhida ao papa, no dia 25, também vai ocorrer em Copacabana. No dia 26, será promovida uma Via Sacra, no mesmo bairro.

A vigília, que seria na Base Aérea de Santa Cruz, começará na tarde do dia 27 (sábado) e vai se estender até a missa na manhã do dia 28 (domingo). O papa participa desses eventos e deve deixar o Rio no mesmo dia. Após a missa haverá um show com artistas católicos, que será gravado e lançado em DVD. A Urca, na zona sul, abrigará a Feira Vocacional.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG