Tranquilidade e apreensão no 1º dia de ocupação de Manguinhos e Jacarezinho

Buscas nas comunidades continuam sendo realizadas por policiais militares e civis

Agência Estado |

Agência Estado

Um dia após a ocupação das polícias Civil e Militar , o movimento foi tranquilo nesta segunda-feira (15) nas favelas de Manguinhos, Jacarezinho e Mandela, na zona norte do Rio de Janeiro. Tropas do Bope, do Batalhão de Choque e agentes da Polícia Civil continuam ocupando e realizando buscas nas comunidades. Helicópteros também fazem patrulha.

Leia também:  'Não teremos mais uma Faixa de Gaza', diz Beltrame sobre ocupação

Marino Azevedo
Bandeiras do Brasil e do Estado do Rio de Janeiro são hasteadas na Favela do Jacarezinho

De acordo com o coronel Frederico Caldas, relações públicas da PM, policiais do Bope e do Batalhão de Choque vasculham as favelas em busca de suspeitos de envolvimento com o tráfico, armas e drogas. Ainda não há informações sobre presos.

Na manhã desta segunda-feira foram iniciados os trabalhos de conservação e ordem pública, com equipes de limpeza, iluminação e assistência social. Pela manhã a Secretaria Municipal de Assistência Social acolheu 71 pessoas. Ao todo já são 175, sendo 18 menores de idade. Eles foram identificados e levados em seis vans para abrigos da prefeitura.

Ao longo da linha férrea, em Manguinhos e na entrada da favela do Jacarezinho, equipes de 90 garis da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) retiravam sofás, colchões, lonas e barracas na área utilizada pelos usuários de crack como cracolândia.

Vinte equipes de iluminação da Rioluz realizaram troca de lâmpadas em diferentes vias. Entre os moradores, o clima é de apreensão. "A gente estava muito agitado e com medo ontem. Nós não sabemos o que vai acontecer, mas aos poucos a gente vai se tranquilizando", disse a moradora Luciane Pacheco, de 42 anos.

Confira ainda:  Moradores apoiam ocupação policial, mas pedem melhorias sociais

    Leia tudo sobre: JacarezinhoManguinhosUPPpacificaçãoocupação policial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG