Corpos de jovens assassinados na Baixada Fluminense são enterrados

Familiares e amigos estavam muito abalados. Alguns chegaram a passar mal

Agência Estado |

Agência Estado

Alessandro Costa / Agência O Dia
Corpos dos jovens foram enterrados no cemitério de Olinda, em Nilópolis, na Baixada Fluminense

Os corpos dos seis jovens mortos no último final de semana foram sepultados na tarde desta terça-feira (11) no cemitério de Olinda, no município de Nilópolis, na Baixada Fluminense. Cerca de 500 pessoas acompanharam o velório que teve início na madrugada e seguiram para o cemitério para participar do enterro.

Leia também:  Favela onde jovens foram mortos registrou 12 mortes em três dias

Familiares e amigos dos jovens assassinados estavam muito abalados e chorando muito - alguns passaram mal durante o sepultamento e precisaram ser amparados. O corpo do jovem Josias Searles, de 16 anos, foi o primeiro a ser enterrado. No cemitério, a avó do adolescente permaneceu o tempo todo abraçada ao caixão.

Os rapazes, entre 16 e 19 anos, desapareceram quando foram se divertir em uma cachoeira no Parque Natural de Gericinó no último sábado (8). Eles foram capturados por traficantes da favela da Chatuba, em Mesquita, e assassinados. Os corpos foram achados na manhã de ontem (10) às margens da Rodovia Presidente Dutra, em Mesquita.

Entenda:  Jovens morreram porque moravam em bairro dominado por facção rival


    Leia tudo sobre: chacinabaixada fluminensemesquitaseis jovens mortos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG