Casal de menores é preso suspeito da morte de taxista no Rio de Janeiro

Motorista foi assassinado por estrangulamento na Linha Amarela. Rapaz contou a policiais que cometeu o crime porque taxista teria tentado estuprar sua namorada

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Um casal de adolescentes de 17 anos que saiu de São Paulo foi preso na noite desta quinta-feira (6) suspeito do assassinato de um taxista na Linha Amarela, ocorrido nas proximidades da comunidade Cidade de Deus, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Leia também: Após tiroteio na Linha Amarela, polícia prende um dos líderes do tráfico na Maré

Segundo a PM, o casal entrou no táxi na Rodoviária Novo Rio e seguia em direção à Barra da Tijuca. Os policiais encontraram o veículo parado próximo da Cidade de Deus com o taxista morto e a dupla se preparando para fugir.

De acordo com as primeiras informações colhidas pela PM, o taxista foi espancado e, em seguida, morto enforcado com a alça de uma pochete. O rapaz preso contou aos policiais que cometeu o crime porque o motorista teria tentado estuprar sua namorada.

O taxista morto foi identificado como Ercule Castro Silveira, de 58 anos. 

Com o casal, foram achadas drogas. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios.

    Leia tudo sobre: taxistaLinha Amarelacrime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG