Suspeito de ser contador de Marcinho VP é preso e oferece R$ 100 mil a PMs

Jean Silva Quintino, o Gen, foi preso em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, com munições para fuzil

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

A Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu na noite da última segunda-feira (3), em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, Jean Silva Quintino, de 36 anos, o Gen.

Leia tambémChefões do tráfico fazem nova divisão de áreas em favelas ocupadas pelo Exército

De acordo com a corporação, ele seria contador do traficante Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, líder máximo da facção criminosa Comando Vermelho (CV), chefe do tráfico no Complexo do Alemão, na zona norte da capital, e que está preso. Seria parente também de Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, outro líder do CV.

Segundo o Serviço Reservado do Batalhão de São João de Meriti (21º BPM), ao ser preso, Gen ofereceu R$ 6 mil aos PMs para não ser levado para a delegacia. Quando era autuado no distrito policial, o suspeito fez nova oferta aos PMs: R$ 100 mil. Os policiais não aceitaram.

Gen foi preso com três carregadores com 55 munições para fuzil 762. Ele levaria o material para a favela Vila Norma, no mesmo município. Um comparsa do bandido também foi detido.

Traficante da Maré preso

Ontem à noite, agente da Divisão de Capturas da Polinter prenderam o traficante Ricardo Fispan, 36 anos, o Soldado.

O traficante integrava a quadrilha de criminosos da comunidade Nova Holanda, no Complexo da Maré e foi capturado no bairro de Ramos.

Soldado foi um dos alvos da operação do Bope (Batalhão de Operações Especiais) no último sábado (1) na Nova Holanda que terminou com dois mortos. Em protesto, moradores fecharam a Linha Vermelha. 

De acordo com o delegado Rafael Willis, titular da Polinter, contra Soldado havia um mandado de prisão pelo crime de tráfico de entorpecentes. Ainda segundo o delegado, o traficante é investigado também pela participação em um homicídio cometido esse ano na zona norte.


    Leia tudo sobre: marcinho vptráfico no Rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG