PMs são indiciados por homicídio após tiroteio que acabou com morte de jovem

Policiais foram afastados. Vítima não teria envolvimento com o tráfico. Confronto ocorreu ontem em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Duas menores de idade foram baleadas também

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou por homicídio culposo (quando não há intenção de matr) e lesão corporal culposa dois PMs que participaram de um tiroteio na tarde do último domingo (2), no Complexo da Lagoinha, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, que resultou na morte de um jovem de 21 anos e deixou duas menores de idade (uma de dez e outra de 17) baleadas. Nenhuma das vítimas tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

Leia também :  Tiroteio na Baixada mata homem e deixa duas menores de idade feridas

Os PMs pagaram fiança para não ficarem presos mas foram afastados das ruas pela corporação.  Eles responderão a um procedimento apuratório no 20º BPM.

Segundo o delegado Marcelo Nunes, da 56ª DP (Comendador Soares), os PMs agiram com imprudência ao efetuarem disparos em local de grande movimentação de pessoas.

O delegado já ouviu o pai de uma das menores vítimas e aguarda o reestabelecimento da outra vítima, para ouvi-la. As investigações estão em andamento para localizar outras testemunhas.

A perícia foi feita no local logo após o fato e o delegado espera agora o resultado dos laudos do ICCE (Instituto de Criminalística Carlos Éboli) e do IML (Instituto Médico Legal). As armas dos PMs, um fuzil e duas pistolas foram apreendidas, além de uma outra pistola, que foi achada ao lado das vítimas após o confronto.

De acordo com a PM, os policiais reagiram a um ataque de traficantes da localidade. 

    Leia tudo sobre: PMs indiciadostiroteiorio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG