Manifestação contra operação do Bope na Maré chega a fechar Linha Vermelha

Moradores chegaram a queimar objetos na pista. Ação da polícia na comunidade Nova Holanda deixou dois mortos e duas pistolas apreendidas

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Divulgação
Imagens do Centro de Operações da Prefeitura flagraram confusão na Linha Vermelha

Moradores do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro, fizeram uma manifestação na manhã deste sábado (1º) que chegou a fechar por alguns minutos a Linha Vermelha, via expressa que liga o centro da capital à Baixada Fluminense.

O protesto foi contra uma operação do Bope (Batalhão de Operações Especiais) na comunidade Nova Holanda que terminou com dois suspeitos mortos e duas pistolas apreendidas.

Os manifestantes queimaram objetos no meio da pista e chegaram a atirar paus e pedras em direção aos carros. Eles alegam que um dos mortos não teria envolvimento com o tráfico e seria estudante.

Os suspeitos feridos foram levados para o Hospital Federal de Bonsucesso mas não resistiram aos ferimentos.

Após o protesto na Linha Vermelha, os manifestantes tentaram também fechar a avenida Brasil.

Em nota, a PM informou que a operação na Nova Holanda ocorreu porque a corporação tinha informações de que lideranças do tráfico estavam na comunidade e o Bope foi lá capturar os criminosos.

A assessoria de imprensa do órgão esclareceu que não procede a notícia de que a operação do Bope seria para reprimir um plano dos bandidos de atacarem UPPs (Unidades de Polícia Pacificadoras), conforme foi divulgado na imprensa e que circulou em conversas informais entre policiais.


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG