Torcedores do Fluminense suspeitos de agredir vascaínos vão para presídio

Grupo de torcida organizada Young Flu é autuado por lesões corporais, formação de quadrilha e corrupção de menores. Bando vai para complexo de Gericinó, em Bangu

iG Rio de Janeiro |

Agência O Globo
Torcedores da Young Flu foram presos e transferidos para o complexo de presídios de Bangu

Vinte e três integrantes da organizada Young Flu, presos sob suspeita de agredir dois vascaínos, foram transferidos neste domingo para o complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu.

Leia também: Torcida organizada do Vasco é suspensa por morte de flamenguista

Segundo o Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios), eles foram detidos na tarde deste sábado (25), após espancarem dois torcedores do rival Vasco, no Méier (zona norte do Rio) próximo à estação de trem do bairro, antes do início da partida entre os dois times.

Leia ainda: 'Torcida organizada funciona assim', diz acusado de matar torcedor

O grupo foi autuado na 24ª Delegacia de Polícia (Piedade) por lesão corporação, formação de quadrilha, incitação ao tumulto e corrupção de menores – havia dois menores de 18 anos. Os crimes não permitem que paguem fiança e sejam libertados.

Três dos presos – Carlos Aguiar Júnior, Rogério Duarte e Cristian Madruga – responderão por roubo. Eles dividiram entre si as carteiras, dinheiro e objetos dos vascaínos agredidos. As vítimas foram levadas ao Hospital Salgado Filho (Méier), com machucados e hematomas por todo o corpo.

    Leia tudo sobre: Young Flutorcida organizadaFluminenseBangupresídio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG