Polícia prende dois suspeitos de assassinar torcedor após briga no Rio

Confusão ocorreu em Tomás Coelho, na zona norte do Rio. Outra briga entre torcedores foi registrada na zona oeste

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Policiais da Divisão de Homicídios (DH) prenderam dois homens acusados de terem assassinado o torcedor vascaíno Diego Martins Leal, de 29 anos, neste domingo (20).

Com eles foi apreendida uma faca, que possivelmente foi usada no crime. Os suspeitos, identificados como Alessanderson Piedade, de 29 anos, e Daniel Monteiro Abreu, de 28 anos, já estão na delegacia, localizada na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

Segundo os policiais, Leal foi baleado e morto durante uma briga entre torcedores do Vasco e do Flamengo na tarde deste domingo (19), em Tomás Coelho, no subúrbio da cidade. Um torcedor do flamengo também ficou ferido na confusão.

Brigas entre torcedores

Pelo menos duas brigas entre torcedores do Flamengo e do Vasco terminaram com um homem morto e dois baleados na tarde deste domingo (19), na capital fluminense. 

Uma das confusões aconteceu na rua Silva Vale, em Tomás Coelho, na zona norte. De acordo com a PM, um grupo de torcedores do Vasco estava concentrado em um posto de gasolina na rua Silva Vale quando passou um ônibus com flamenguistas vindo de Resende, no Sul Fluminense.

Leia também : Flamengo e Vasco se enfrentam e buscam regularidade no Brasileiro

Os flamenguistas desceram do veículo e apedrejaram um carro onde estava os vascaínos, que começaram a correr. Diego Martins Leal, de 30 anos, se assustou com a confusão, tentou fugir, foi baleado, esfaqueado e morreu no local.

Uma outra pessoa ficou machucada no confronto. Cinquenta e sete suspeitos foram detidos e levados para a delegacia de Inhaúma (44ª DP). 

A PM informou que, no final da tarde, houve nova confusão entre os torcedores em Jacarepaguá, na zona oeste. A briga começou em frente à quadra da escola de samba Renascer na localidade do Tanque e continuou pela Taquara e Pechincha. Houve tiros. Duas pessoas foram baleadas e outras quatro ficaram feridas, sendo três por agressão e uma porque caiu de um ônibus.

Os feridos a tiros (um atingido na coxa e o outro na barriga) e um outro que foi agredido estão no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Nenhum deles corre risco de morrer.

Os demais feridos foram levados para o Hospital Federal Cardoso Fontes, em Jacareapguá, e estão fora de perigo.

Sete suspeitos de envolvimento na briga ocorrida em Jacarepaguá foram detidos e levados para a delegacia do Tanque (41ª DP).

Flamengo e Vasco se enfrentaram às 18h30 no Engenhão pelo Campeonato Brasileiro.

    Leia tudo sobre: torcedoresbrigatorcidaviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG