Operação do Bope deixa quatro mortos no morro do Dendê, na zona norte do Rio

Ação resultou na apreensão de dois fuzis e duas pistolas. Em favela da zona oeste, PM recolheu grande quantidade de entorpecentes

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Divulgação
Armamento apreendido pelo Bope no morro do Dendê, na Ilha do Governador

Quatro supostos traficantes foram mortos durante uma operação do Bope (Batalhão de Operações Especiais) na madrugada desta segunda-feira (20) no morro do Dendê, na Ilha do Governador, na zona norte do Rio de Janeiro. 

Com os suspeitos, foram apreendidos dois fuzis e duas pistolas. 

Os PMs fizeram ainda um vasculhamento na comunidade e acharam em uma casa no beco da Hortência cerca de 40 kg de pó branco, uma granada, cinco lunetas, 80 munições de diversos calibres, cinco bipes, sete radiotransmissores, 44 carregadores, uma placa de cerâmica, quatro coronhas de fuzil, três placas de guarda mão para fuzil calibre 762, três ferrolhos para fuzil G3, nove capas de colete, 23 porta carregadores para fuzil e pistola, seis coldres de perna e dois bornais.

Prejuízo ao tráfico

Em outra operação realizada, desta vez na favela do Rola, em Santa Cruz, na zona oeste da capital, PMs do batalhão do bairro (27º BPM) fizeram uma grande apreensão de drogas.

Foram recolhidos 23 tabletes de maconha de 2 kg cada, 5.850 trouxinhas da mesma droga, 17 cargas de cocaína (3.060 papelotes) de R$ 3, dez cargas da mesma droga (1.920 pinos) de R$ 15, 6 kg de pasta-base de cocaína, um radiotransmissor e cinco capas de colete balístico. Não houve prisões.

Divulgação
Drogas apreendidas pela PM na favela do Rola, em Santa Cruz


    Leia tudo sobre: Bopemortos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG