Operário que teve vergalhão de dois metros atravessado em crânio passa bem

Fato ocorreu ontem em uma obra no bairro de Botafogo, na zona sul carioca. Ele está internado no hospital Miguel Couto

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Divulgação
Radiografia mostra como vergalhão atingiu o operário

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro informou nesta quinta-feira (16) que não corre risco de morte o operário Eduardo Leite, de 24 anos, que teve um vergalhão de dois metros atravessado em seu crânio  quando trabalhava em uma obra no bairro de Botafogo, na zona sul da cidade. O caso ocorreu ontem.

O operário foi internado no Hospital Miguel Couto, na zona sul, onde foi submetido a uma cirurgia para a retirada do objeto. A operação durou cerca de cinco horas.

O vergalhão caiu do quinto andar da obra e atingiu o rapaz que, na hora, estava de capacete. Ele chegou consciente ao hospital

Ele está no CTI (Centro de Terapia Intensiva) do Miguel Couto. Não há previsão de alta.

*Com informações de O Dia

    Leia tudo sobre: vergalhãooperário

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG