Após tiroteio na Linha Amarela, polícia prende um dos líderes do tráfico na Maré

Traficante Bill foi preso com fuzil na praça do pedágio, que chegou a ficar fechado por cinco minutos . Ele comanda a favela Vila do João. Polícia recebeu informações de que bandidos fugiram da comunidade durante operação do Bope e da PF pela manhã.

Mario Hugo Monken iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Após uma troca de tiros no pedágio da Linha Amarela na tarde desta quinta-feira (16), policiais civis da 21ª DP (Bonsucesso) conseguiram prender o traficante Michel de Souza Malveira, o Bill, apontado como chefe do tráfico na favela Vila do João, no Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro.

Os policiais receberam informações que, em razão de uma operação que o Bope (Batalhão de Operações Especiais) e a PF (Polícia Federal) faziam na Maré na manhã de hoje , alguns traficantes fugiram e ficaram circulando pela cidade, incluindo a Barra da Tijuca, na zona oeste.

Segundo os agentes, os bandidos estavam em três carros: um Kia Sorento, um Corolla preto e um Renaut.

Leia também: Traficantes da Maré instalam placa proibindo jogar lixo na rua: "Quem jogar, vai ter a mão cortada"

No pedágio da Linha Amarela, na altura do bairro de Água Santa, os policiais abordaram o Sorento onde Bill e um comparsa estavam. Na ação, os traficantes que estavam nos outros carros abriram fogo nos policiais, que se abrigaram primeiro e depois reagiram.

O tiroteio durou cerca de três minutos mas não atingiu nenhum motorista que passava pela via. Ao final, os policiais conseguiram prender Bill e um comparsa. No carro, foram encontrados um fuzil, uma granada e uma pistola.

A assessoria de imprensa da Lamsa, concessionária que administra a Linha Amarela, informou que, em razão do confronto, o pedágio chegou a ficar fechado por cerca de cinco minutos mas voltou a funcionar normalmente.

Os policiais acreditam que bandidos tenham sido baleados no confronto porque acharam mais a frente o Corolla abandonado e com marcas de sangue. De acordo com a polícia, os criminosos teriam rendido um motorista e roubado um outro veículo.

Bill, segundo a 21ª DP, segue ordens do traficante Marcelo Santos das Dores, o Menor P, que estaria no Corolla achado abandonado. Na operação ocorrida na Maré hoje dois supostos traficantes morreram e três foram presos.

    Leia tudo sobre: complexo da marétráfico de drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG