Motoristas retiram as vans e faixas do aterro do Flamengo são liberadas

Duas faixas estavam bloqueadas por veículos estacionados. Trânsito no local é intenso

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Divulgação
Faixas do aterro do Flamengo já sem as vans

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro informou no final da tarde desta quarta-feira (15) que os motoristas de vans retiraram os veículos que estavam estacionados em duas faixas do aterro do Flamengo, na zona sul, bloqueando as pistas.

Leia também: Motoristas de vans começam protesto e tumultuam trânsito no Rio

Apesar das pistas estarem liberadas, o trânsito é intenso em ambos os sentidos da via. Operadores da CET-Rio, da Guarda Municipal e da PM orientam os motoristas.

Os topiqueiros iniciaram um protesto ainda de madrugada parando os veículos em frente ao estádio do Maracanã. No final da manhã, eles saíram em carreata até o aterro do Flamengo e estacionaram os veículos em duas faixas.

De lá seguiram a pé para a Cinelândia, no centro, onde foi realizada uma assembleia da categoria. Ao fim da reunião, os motoristas voltaram ao aterro e retiraram as vans.

No protesto batizado como "Um dia sem van", os motoristas do transporte alternativo pretendem ficar sem circular para reivindicar o cumprimento da lei que transforma as autorizações provisórias em definitivas através de licitação. Segundo os integrantes do movimento, a prefeitura está fazendo a licitação privilegiando as cooperativas que já existem.

Além disso, os manifestantes também reivindicam um bilhete único para as vans e locais fixos para embarque e desembarque de passageiros - já que os motoristas de vans reclamam que são obrigados a parar em qualquer lugar e são multados.

    Leia tudo sobre: protesto das vans

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG