Operação da PM em favela do Rio deixa três suspeitos mortos

Entre os mortos está um homem apontado como chefe do tráfico na região

iG Rio de Janeiro |

Três suspeitos morreram na noite deste sábado (11) durante uma operação realizada por policiais militares do 41º BPM (Irajá) na comunidade do Cavaleiro, no bairro de Anchieta, na zona norte do Rio de Janeiro. Os agentes foram ao local checar uma denúncia anônima que informava sobre a existência de uma feira de drogas na região.

Houve uma intensa troca de tiros na chegada dos PMs à favela e, entre os mortos, está Guilherme Melo, conhecido como “Di Vidro”, apontado como o chefe do tráfico na comunidade. Fontes informam que ele pretendia criar na região um complexo de favelas controladas por uma facção criminosa.

Os traficantes já controlariam os morros do Chapadão, Final Feliz, Criança Esperança e Gogó da Ema. A venda de drogas nessas favelas é comandada por fugitivos do Complexo do Alemão, que deixaram o local após a invasão das forças de segurança, em novembro de 2010.

Na operação deste sábado, os PMs apreenderam ainda uma pistola calibre 380 e uma metralhadora. A ocorrência foi registrada na 22ª DP (Penha).

*com informações do jornal O Dia

    Leia tudo sobre: tráfico de drogaspolícia militar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG