Servidores da PF no Rio também entram em greve, diz sindicato

Paralisação vai até a próxima quinta-feira (9) e vai atingir de 900 a 1.000 funcionários

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

O Sindicato dos Servidores do Departamento da Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro informou nesta terça-feira (7) que vai aderir à paralisação nacional do órgão.

Leia também : Policiais federais iniciam greve a partir desta terça-feira

No Rio, segundo a entidade, a paralisação vai até a próxima quinta-feira (9) e vai atingir de 900 a 1.000 servidores. Trinta por cento do efetivo continuará com os serviços essenciais, como a emissão de passaportes de emergência e a condução de presos de alta periculosidade.

A categoria reivindica reestruturação salarial e da carreira dos agentes, escrivães e papiloscopistas. O salário inicial desses três cargos é R$ 7,5 mil, o equivalente a 56,2% da remuneração dos delegados, cujo vencimento de início de carreira é R$ 13,4 mil.

    Leia tudo sobre: Greve da PF

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG