Prédio que ameaçava desabar na zona oeste do Rio será demolido

Edifício de três andares, localizado na comunidade Rio das Pedras, foi evacuado durante a madrugada

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Agentes da Defesa Civil apontaram em laudo preliminar que o edifício de três andares, localizado na comunidade Rio das Pedras, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio, deverá ser demolido. O prédio foi evacuado no início da madrugada por risco de desabamento.

Ainda de acordo com os agentes, o edifício, que fica na rua Romas, apresentou problemas na estrutura como rachaduras e afundamento do solo e somente uma reforma não seria eficaz para resolver o risco da estrutura ruir. 

UFF teve reitoria evacuada por risco de desabamento

Por determinação da Defesa Civil, a área onde funciona a reitoria da Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói, na região metropolitana do Rio, foi evacuada na tarde da última sexta-feira (3).

De acordo com a instituição, a ordem ocorreu em razão de o último bloco do condomínio Santos Apóstolos, vizinho à Reitoria (lado esquerdo), ter apresentado trincamento em um dos seus pilares. O edifício também foi evacuado pela Defesa Civil porque corre o risco de desabar.

Em razão desse problema, parte dos prédios nos fundos da Reitoria foram interditados. Segundo o reitor Roberto Salles e técnicos da Superintendência de Arquitetura e Urbanismo (Saen) da UFF, a interdição apenas parcial está equivocada pelo fato de que o prédio do protocolo, a obra do Cine Arte UFF e o próprio prédio da reitoria correm risco em caso de desabamento, portanto essa interdição parcial não protege a universidade, e o reitor afirma que, caso ocorram quaisquer problemas, irá responsabilizar o poder municipal.

Segundo o reitor, para que houvesse segurança, deveriam ser interditados até os blocos da frente do condomínio Santos Apóstolos e a obra da Odebrecht, no terreno do outro lado da reitoria, porque nesta, apesar de não haver moradores, há operários, e também é uma área de risco.

Os técnicos da Defesa Civil informaram ao superintendente de Arquitetura e Urbanismo da UFF, Luiz Augusto Cury, que a interdição ocorrerá até que o condomínio tome providências. Entretanto, na segunda-feira a Saen fará novo contato com a Defesa Civil.

    Leia tudo sobre: prédiorio das pedras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG