Suspeito de abusar e matar a facadas menina de 9 anos é preso no Rio

Gilmar Cunha é companheiro da tia biológica da garota e planejou o crime como vingança contra os pais da criança

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

A Polícia Civil prendeu Gilmar Cunha, suspeito de ter abusado e matado com 20 facadas uma menina de 9 anos, na noite desta sexta-feira (27), em Campo Grande (zona norte do Rio).

Leia mais: Vingança pode ter motivado morte de criança

Segundo o delegado Alan Lacerda, da Divisão de Homicídios (DH), o criminoso é companheiro da tia biológica da criança e planejou o crime como vingança contra os pais da menina.

De acordo com as investigações, na noite da última sexta, Gilmar entrou na casa após ter certeza de que a menor estaria sozinha. Em um primeiro momento, praticou atos libidinosos com a menina e tentou estuprá-la, sem sucesso. Em seguida, matou a menor com aproximadamente 20 facadas e escondeu o corpo embaixo de uma cama. Ele pulou o muro da casa para fugir do local.

Gilmar foi levado para a Divisão de Homicídios onde confessou o crime. Ele vai responder por estupro de vulnerável e homicídio doloso consumado , com duas qualificadoras (motivo fútil e ocultação de crime precedente).

A criança foi encontrada em casa morta, embaixo de uma cama. Os pais estavam trabalhando e ela tinha ficado aos cuidados da irmã, de 14 anos, que saiu de casa. Ao voltar, não encontrou a irmã.

Leia também: Menina de 9 anos sofre abuso e é morta com 20 facadas

“A irmã andou pela casa procurando a menina e, quando viu uma mancha de sangue no chão, chamou o vizinho. Os dois vasculharam a casa e acabaram encontrando o corpo da vítima embaixo da cama”, afirmou o delegado.

    Leia tudo sobre: abusomeninavingança

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG