Polícia prende três suspeitos de tráfico no Alemão

Três suspeitos de envolvimento com o tráfico foram presos na Favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão

Agência Estado |

Agência Estado

Três suspeitos de envolvimento com o tráfico foram presos na Favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão, onde, na noite de segunda-feira, a soldado Fabiana Aparecida de Souza foi morta por criminosos.

O primeiro detido foi um adolescente de 15 anos, encontrado em casa com um corte no pé. Aos policiais, o rapaz disse que se feriu durante o confronto de ontem à noite, mas negou envolvimento no ataque à sede da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e na morte da soldado.

Os PMs chegaram até a casa dele seguindo o rastro das manchas de sangue. O adolescente foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alemão e será encaminhado à 21.ª Delegacia de Polícia (Bonsucesso) para averiguação.

A polícia quer saber por que ele não havia buscado atendimento médico mais de 12 horas depois do tiroteio. Os outros dois suspeitos foram detidos em casa. Um deles é foragido da Justiça. Eles também foram levados para a 21ª DP.

Durante a varredura que está sendo feita à procura de criminosos, armas e drogas, a polícia encontrou um tablete de maconha, artigos explosivos, um colete à prova de balas e material para embalar drogas em um barraco abandonado na Travessa São Paulo.

É intensa a movimentação de policiais militares da UPP Nova Brasília, do Batalhão de Operações Especiais, e do Batalhão de Choque. Pelo menos um carro blindado do Bope, conhecido como "caveirão", participa da operação. Apesar do clima de tensão, o comércio abriu as portas e moradores circulam normalmente.

    Leia tudo sobre: presos complexo do alemão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG