Número de mortos em confronto com a polícia no RJ é o menor desde 2000

Primeiro semestre teve 214 vítimas. Roubos de veículos cresceram 27,4%. Roubos em residência subiram 21,6%. Homicídios caíram 6,8%

iG Rio de Janeiro |

O número de mortos em confronto com a polícia (autos de resistência) no Estado do Rio de Janeiro no primeiro semestre deste ano foi o menor registrado para o período desde 2000, segundo estatísticas divulgadas nesta segunda-feira (23) pelo ISP (Instituto de Segurança Pública).

Segundo o órgão, foram 214 vítimas nos seis primeiros meses do ano. Em 2000, foram 172. Comparando com o primeiro semestre do ano passado (que registrou 372 casos), a redução foi de 42,5%.

De acordo com o ISP, houve um aumento de 27,4% no número de casos de roubos de veículos de janeiro a junho. Foram 8.993 casos no primeiro semestre de 2011 contra 11.458 no mesmo período de 2012.

O número de roubos a residência cresceu 21,6%. De janeiro a junho deste ano, foram 720 ocorrências. No mesmo período de 2011, 592 registros.

Outro aumento registrado foi no número de roubos de carga. No primeiro semestre de 2011, foram 1.450 ocorrências. De janeiro a junho deste ano, 1.822, um acréscimo de 25,7%.

Em relação aos latrocínios (roubo seguido de morte), houve um aumento de dez casos no primeiro semestre deste ano em relação ao ano passado (69 em 2012 e 59 em 2011).

Homicídios

O número de homicídios dolosos apresentou uma pequena queda no primeiro semestre deste ano (6,7%). De janeiro a junho, foram 2.102 casos contra 2.252 no mesmo período de 2011.

Segundo o ISP, caíram também o número de roubos a transeuntes. No primeiro semestre de 2011, foram 28.488 ocorrências contra 25.958, uma redução de 8,9%.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG