Polícia busca imagens para identificar homens que mataram policial no RJ

Policial militar, lotado em UPP, foi morto nesta sexta-feira (20) após ser abordado na Baixada Fluminense

iG Rio de Janeiro |

Policiais da 52ªDP (Nova Iguaçu) procuram por câmeras que possam identificar os assassinos do policial militar Francisco de Assis Rufino, de 31 anos, morto na madrugada desta sexta-feira (20),  em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. 

Segundo os investigadores, a vítima foi abordada quando chegava em casa e rendida no próprio carro. Após andar com o policial por cerca de 2 km, os assassinos pararam em frente a uma madeireira e fizeram vários disparos contra o seu rosto. O carro e arma do PM foram levados.

A principal linha de investigação da polícia é latrocínio (roubo seguido de morte), já que os criminosos teriam identificado Rufino como policial ao verem a arma que portava. 

Rufino era lotado na UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Fazendinha no Complexo do Alemão, zona norte do Rio. O seu corpo permanece no IML (Instituto Médico Legal). 

    Leia tudo sobre: UPP policial militar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG