Acusados pertenciam ao batalhão de Friburgo (11º BPM) e BPRv. Grupo criminoso foi desarticulado em 2009 durante operação da Polícia Federal

A Polícia Militar do Rio de Janeiro expulsou dos seus quadros nove PMs suspeitos de envolvimento em uma quadrilha especlaizada em roubos de cargas no interior do Estado, que foi desarticulada pela PF (Polícia Federal) durante a operação Roubos S/A - Saque Noturno, deflagrada em 2009..

A expulsão dos PMs foi publicada no Boletim Interno da corporação do dia 4 de junho. Dos excluídos, seis eram do 11º Batalhão (Nova Friburgo, Região Serrana) e três do BPRv (Batalhão de Polícia Rodoviária).

Segundo as investigações, os policiais suspeitos realizavam a segurança dos integrantes da quadrilha e permitiam a circulação e o acesso de caminhões roubados nas proximidades do posto 17 do BPRv, na cidade de Bom Jardim.

As investigações indicaram ainda que alguns dos PMs participavam do braço armado da qudarilha, atuando na abordagem das vítimas. Um dos policiais também é suspeito de fornecer armas para o grupo.

Cinco dos PMs expulsos também já tinham sido condenados pela 1ª Vara Criminal de Nova Friburgo a penas que variavam entre três a 31 anos de prisão.

Um outro PM suspeito de participar da quadrilha já tinha sido expulso da corporação em março mas por um outro crime.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.