Promotoria denuncia 41 suspeitos de tráfico de drogas em Itaboraí (RJ)

Quadrilha é comandada por bandido preso. Grupo fez ameaças a delegado

iG Rio de Janeiro |

O Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro denunciou nesta segunda-feira (2) à Justiça 41 pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha envolvida com o tráfico de drogas no município de Itaboraí, na região metropolitana.

Leia também : Tráfico tinha plano para matar delegado no Rio

Segundo as investigações, o bando atuaria nas comunidades de Nova Cidade, Reta Velha, Reta Nova e Catiço e seria comandado por José Ricardo Couto, o Ricardo Paiol, atualmente preso. A organização já teria feito ameaças pessoalmente a um delegado.

O grupo, de acordo com a Promotoria, não só vendia os entorpecentes como também era responsável por todo processo de preparo, transformação, armazenamento e transporte das drogas até aos usuários.

“Temos que minar o poder do tráfico, que não se restringe a localidades, a um comércio de bairro, mas sim a uma atividade regional em face da geografia de Itaboraí, evidenciada como uma importante passagem via BR-101. Além disso, trata-se de grupo extremamente violento que já foi denunciado por crime de tortura efetivada em uma espécie de tribunal do crime”, informou o promotor Luís Augusto Soares de Andrade.

De acordo com Luís Augusto, as ameaças já feitas a um delegado traz riscos também para promotores e juízes.

"Felizmente, contamos com a firmeza do titular da Vara Criminal de Itaboraí, que acolheu o requerimento de transferência dos quatro principais integrantes da organização criminosa para presídio federal, tendo em vista que, mesmo presos, foram identificados nas escutas telefônicas em intensa atividade”, afirmou.

    Leia tudo sobre: tráfico de drogasitaboraí

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG