Traficante é preso no Rio suspeito de queimar as bochechas da própria filha

Menina, de um ano e oito meses, está internada com várias fraturas pelo corpo

iG Rio de Janeiro |

Um suposto traficante foi preso nesta quinta-feira (28), no Rio de Janeiro, suspeito de torturar a própria filha, de um ano e oito meses.

Segundo a Polícia Civil, a menina foi internada no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, na zona oeste da capital, com várias fraturas pelo corpo e as bochechas queimadas.

O suspeito foi identificado como Clóvis Gomes da Silva, o Tou, de 42 anos. Ele seria um dos principais traficantes da comunidade Cidade de Deus, na zona oeste e estava foragido da Justiça desde 2009. 

    Leia tudo sobre: torturatraficante

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG