PM começa a substituir o Exército na Vila Cruzeiro nesta quinta-feira

Comunidades da Penha vão ser ocupadas por PMs do Bope e Batalhão de Choque

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

A Polícia Militar do Rio de Janeiro informou na noite de hoje que, na manhã desta quinta-feira (28), policiais dos batalhões de Choque (BPChoque) e de Operações Especiais (Bope), vão começar a substituir as tropas da Força de Pacificação do Exército que ocupam as comunidades que formam o Parque Proletário da Penha, na zona norte, incluindo a Vila Cruzeiro. 

Leia também : Exército comandará força no Alemão e na Penha e poderá prender

Esta substituição já foi realizada, desde março até agora, nas comunidades da Fazendinha, Nova Brasília, Alemão e Pedra do Sapo, no Complexo do Alemão, Chatuba, Fé e Sereno, na Penha.

Leia também : Chefões do tráfico fazem nova divisão de áreas no Alemão e na Penha

Todas estas localidades já possuem UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora), sendo que as da Chatuba, Fé e Sereno foram inauguradas na manhã de hoje.

Logo após a substituição, as forças da PM começam as ações de policiamento e revista à procura de criminosos que ainda possam estar atuando na área como forma de preparar a chegada das UPPs.

Leia também : Bope começa a substituir o Exército no Complexo do Alemão

Em nota, a PM solicitou aos moradores para colaborar denunciando criminosos, esconderijos e locais onde estão guardadas armas, drogas e outros produtos ilegais.

Além disso, todos os moradores devem andar com documentos de identificação e os motoristas emotociclistas serão solicitados a mostrar documentos de propriedade de seus veículos, bem como a Carteira Nacional de Habilitação em dia. No caso as motos, também será exigido o uso de capacete.

    Leia tudo sobre: UPPVila CruzeiroExército

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG