Estado do Rio tem menor número de homicídios desde 1991

Quantidade de assassinatos nos primeiros cinco meses do ano é a menor para o período desde que o governo começou a divulgar mensalmente as estatísticas da criminalidade, em 1991

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

O número de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) no Estado do Rio de Janeiro teve o menor registro em 21 anos, no acumulado de janeiro a maio de 2012 desde 1991 quando a Secretaria de Segurança Pública começou a computar os dados mensalmente. Foram 1.784 assassinatos nos primeiros cinco meses deste ano.

Leia também : Homicídios e roubos voltam a crescer no Estado de São Paulo

Comparando com os cinco primeiros meses do ano passado, houve uma redução de 8,3% no número de homicídios (de janeiro a maio de 2011 foram 1.945 casos).

De acordo com o ISP (Instituto de Segurança Pública), órgão responsável pela elaboração das estatísticas, o número de roubos de veículos cresceu 28,4% nos primeiros cinco meses de 2012 em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 9.702 ocorrências de janeiro a maio, contra 7.554 em 2011.

O número de latrocínios (roubo seguido de morte) apresentou crescimento. De janeiro a maio, foram 60 casos contra 41 no mesmo período do ano passado.

Comparando ainda os cinco primeiros meses de 2011 e 2012, houve aumentos também no número de casos de roubos a residência (695 registros este ano contra 495 em 2012, crescimento de 25,1%) e de roubos de cargas (1.535 casos em 2012 contra 1.203 em 2011, acréscimo de 27,6%).

Autos de resistência

De janeiro a maio, houve queda no número de autos de resistência (mortes em confronto com a polícia). Foram 194 casos este ano contra 310 em 2011, uma redução de 37,4%.

Diminuíram também as ocorrências de roubos a transeuntes. Nos cinco primeiros meses deste ano, foram 21.887 casos contra 24.055 em 2011, uma diminuição de 9%.

Outro item que apresentou redução foi o de roubos em coletivos. Foram 2.259 ocorrências de janeiro a maio deste ano contra 2.982 em 2011, uma queda de 24,2%


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG