Corpo de empresária morta em rodovia é enterrado em Petrópolis

Teresa Fontaine era uma das herdeiras da rede de restaurantes “Casa do Alemão”

iG Rio de Janeiro |

Rafael Moraes / Parceiro / Agência O Globo
O corpo de Teresa Fointane, herdeira da rede de restaurantes "Casa do Alemão", foi enterrado em Petrópolis

O corpo de Teresa Cristina Soares Fontaine , 47 anos, foi enterrado na manhã desta terça-feira (26) no Cemitério Municipal de Petrópolis, na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. Uma das herdeiras da rede de restaurantes “Casa do Alemão”, ela morreu na noite do último domingo (24) após ser baleada na Rodovia Washington Luís (BR-040), na altura do município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Leia também: Empresária dona da "Casa do Alemão" morre na Rio-Petrópolis

Em clima de muita tristeza, o sepultamento reuniu aproximadamente 50 pessoas, entre familiares e amigos. A mãe de Teresa Cristina permaneceu ao lado do caixão durante o velório. O assassinato está sendo investigado pela 59ª DP (Duque de Caxias). Ontem, policiais rodoviários federais realizaram buscas na região, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Relembre

Teresa Cristina estava com o marido, o engenheiro Francisco Santana, e o filho de oito anos em um Palio Weekend retornando ao Rio de Petrópolis, onde tinha ido visitar parentes. Após deixar um posto de gasolina, o carro foi interceptado por um Golf preto. Percebendo a ação, o marido da empresária, que dirigia o automóvel, tentou desviar.

Em seguida, um suspeito desceu do Golf e fez dois disparos contra o Palio Weekend onde estava Teresa, que acabou sendo atingida no pulmão. O filho de oito anos não ficou ferido. Os criminosos fugiram sem levar nada e a polícia trabalha com a hipótese de tentativa de assalto ou sequestro.

Para pedir ajuda, Francisco Santana chegou a dirigir por cerca de 20 quilômetros até o 22º BPM (Maré) com a mulher ferida ao seu lado. Segundo ele, durante o trajeto, não foi encontrada nenhuma viatura policial. Do batalhão da PM, a vítima foi encaminhada, ainda com vida, para o Hospital Geral de Bonsucesso, na zona norte do Rio, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

    Leia tudo sobre: teresa fontainecasa do alemãoassassinato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG