Alegando perseguição, ex-funcionário invade loja e agride gerente a tesouradas

Caso ocorreu em Campo Grande, na zona oeste do Rio. Vítima levou golpes na cabeça e no pescoço mas não corre risco de morrer

iG Rio de Janeiro |

Alegando estar sendo perseguido por ex-companheiros de trabalho, um ex-funcionário de uma papelaria invadiu a loja na manhã desta quarta-feira (20) e agrediu o gerente com três tesouradas, duas na cabeça e uma no pescoço. O caso ocorreu no bairro de Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro. A vítima sobreviveu e está internada mas sem correr risco de morte.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito disse ter pedido demissão da loja em 1998 mas alegou que, desde então, vinha sendo perseguido pelos ex-companheiros.

Segundo a polícia, o homem afirmou ter acordado pela manhã com vontade de se vingar em razão da suposta perseguição que vinha sofrendo. Ele foi até a loja e reencontrou antigos companheiros, entre eles o gerente, que acabou agredido.

O suspeito foi preso e responderá por tentativa de homicídio.


    Leia tudo sobre: tesouradasagressão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG