Subcomandante de batalhão da PM é suspeito de matar dono de padaria no Rio

Oficial teria confessado o crime, segundo informações obtidas por tenente-coronel da corporação

iG Rio de Janeiro |

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga o envolvimento do subcomandante do batalhão de Copacabana (19º BPM), na zona sul do Rio de Janeiro, tenente-coronel Anderson Alburquerque, na morte do dono de uma padaria, ocorrida na noite desta sexta-feira (1º), no bairro do Cachambi, na zona norte da capital.

Em entrevista ao iG, o comandante do 3º BPM (Méier), tenente-coronel Ivanir Linhares, responsável pelo policiamento no Cachambi, disse ter recebido informações de que Alburquerque teria ido à delegacia do Méier (23ª DP) e confessado que atirou no dono da padaria durante uma discussão.

Segundo Linhares, o proprietário do estabelecimento comercial teria sido atingido no rosto. Albuquerque ficou ferido no braço e um funcionário da padaria foi atingido na perna mas sem gravidade. Os dois últimos foram encaminhados para o Hospital Salgado Filho, no Méier.

    Leia tudo sobre: subcomandanteassassinatoRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG