Morre no Rio PM baleado por engano por policiais civis

Caso ocorreu no dia 18. Agentes confundiram o PM com um criminoso que teria feito ameaças a parentes de uma procuradora

iG Rio de Janeiro |

Baleado por engano por policiais civis no último dia 18 durante uma confusão no centro do Rio de Janeiro, o PM Fábio Mourão da Silva morreu nesta quinta-feira (31), no hospital da corporação.

Relembre : PM é baleado por policiais civis durante confusão no Rio

Há duas versões para o fato. Uma é de que o PM foi confundido pelos agentes com um suspeito que havia feito ameaças a parentes de uma procuradora.

A outra seria de que, na hora do fato, houve uma denúncia da prática de saidinha de banco nas proximidades da sede do Tribunal de Justiça. O PM, que estava à paisana, e os agentes foram ao local e desconfiaram uns dos outros.

Fábio Mourão levou dois tiros no braço esquerdo e um na barriga. Ele recebeu os primeiros socorros no Departamento de Saúde do TJ-RJ e foi encaminhado primeiramente para o hospital Souza Aguiar, no centro.

    Leia tudo sobre: policial baleado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG