Investigações apontam que mulher queria administrar sozinha os bens da família

Policiais civis da 59ª DP (Duque de Caxias) prenderam nesta terça-feira (22) uma mulher suspeita de mandar matar o próprio filho. O crime teria sido cometido pelo interesse da mãe da vítima em administrar sozinha os bens da família. As idades dos envolvidos não foram divulgadas pela polícia.

De acordo com as investigações, a suspeita pediu para a empregada doméstica da família contratar um assassino. O executor do crime teria recebido R$ 20 mil para cometê-lo.

A vítima foi morta a tiros na porta de sua casa, no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, em novembro do ano passado. Além da mãe da vítima, a empregada doméstica também foi presa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.