Terceira UPP do Complexo do Alemão é inaugurada no Rio

Unidade de Polícia Pacificadora vai atender os morros do Adeus e da Baiana

iG Rio de Janeiro

Foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (11) a terceira Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) dos complexos de favelas do Alemão e da Penha, na zona norte do Rio. A promessa do governo estadual fluminense é de que a região possua oito UPPs até junho. A unidade inaugurada hoje vai atender os morros do Adeus e da Baiana.

Leia também: Cabral evita imprensa após dizer que ida a Paris foi boa para o Rio

Bruno Itan
Terceira UPP do Complexo do Alemão, a unidade do Adeus/Baiana possui um efetivo de 250 PMs
Essas localidades são as únicas dos complexos do Alemão e da Penha que nunca foram ocupadas pela Força de Pacificação do Exército. Elas, no entanto, entraram no processo de pacificação por ficarem em elevações consideradas estratégicas para o domínio do terreno , conforme foi noticiado em março pelo iG .

Nos últimos dois meses, o morro do Adeus registrou tiroteios. Denúncias recebidas pela polícia indicam que os confrontos seriam resultantes de uma possível tentativa de invasão por parte de traficantes ou milicianos. Na última terça-feira (8), dois jovens foram assassinados em um dos acessos à comunidade.

Com um efetivo de 250 policiais, a UPP do Adeus/Baiana atenderá também os moradores do Morro do Piancó e das subcomunidades do Itararé e de Horácio Picorele. A sede da unidade está sendo construída ao lado da estação do teleférico do Adeus e deve ficar pronta em junho. Enquanto isso, as tropas da PM usarão um contêiner dentro do Condomínio Jardim Itaóca.

A unidade Adeus/Baiana é a 22ª do Rio de Janeiro e vai ser comandada pelo capitão Vinicius Oliveira Apolinário. Ele está há oito anos na PM e já foi subcomandante das unidades da Mangueira/Tuiuti, Santa Marta e Fazendinha.

O plano do Governo do Estado do Rio é instalar nos próximos dez dias a quarta unidade no Complexo do Alemão. As comunidades dos morros do Sereno, da Fé, da Chatuba e da Caixa D´Água serão ocupadas pelas forças especiais da PM que vão prepará-las para receber uma UPP.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG