PM é morto por supostos traficantes na Baixada Fluminense

Policial fazia patrulhamento de rotina quando foi surpreendido por um grupo de supostos traficantes

iG Rio de Janeiro |

O cabo da PM Alexsander Botelho, de 39 anos, morreu após ser atingido por um tiro na nuca, na madrugada desta sexta-feira (4), na avenida Coronel Sissam, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Leia também : PM é assassinado com vários tiros perto da Cidade de Deus

De acordo com a Polícia Militar, Botelho estava acompanhado de outro policial e realizavam um policiamento de rotina, por volta de 4h da manhã, dentro de uma viatura. Ao passar pela avenida, localizada próxima à favela Santa Lúcia, a dupla se deparou com quatro veículos que estavam ocupados por supostos traficantes.

Os criminosos atiraram contra os agentes que se abrigaram atrás da viatura, mas Botelho foi atingido. Os agressores fugiram e o policial não resistiu ao ferimento. O outro policial não se feriu. O cabo deixa esposa e um filho.

    Leia tudo sobre: policial militarduque de caxias

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG