Policiais perseguem criminosos por cerca de 12 km em rodovia no Rio

Suspeitos estavam com carro roubado. Houve troca de tiros. Um bandido foi preso mas o outro fugiu correndo pela pista

iG Rio de Janeiro |

Divulgação/PRF
Viatura da PRF atingida por disparos durante perseguição, no Rio
Policiais rodoviários federais perseguiram por cerca de 12 quilômetros na rodovia Washington Luiz (Rio-Petrópolis) dois suspeitos que haviam roubado um carro na noite do último sábado (28), na Baixada Fluminense. Houve troca de tiros e a viatura da PRF chegou a ser atingida por dois disparos. Ninguém ficou ferido e um dos bandidos foi preso.

Durante a perseguição, o outro suspeito abandonou o carro, pulou a mureta e fugiu correndo no sentido contrário ao trânsito.

A ação ocorreu por volta das 18h quando os agentes receberam um alerta sobre um veículo Kia Cerato que havia sido roubado momentos antes, próximo de onde patrulhavam, no entroncamento com a BR-116 (Rio – Teresópolis).

Os patrulheiros localizaram o carro e passaram a fazer o acompanhamento tático quando ocorreu uma troca de tiros. Os criminosos atingiram a viatura com dois disparos e a perseguição continuou pela pista lateral, sentido Rio de Janeiro, por cerca de 12 quilômetros. Uma outra viatura da PRF que seguia pela pista central alcançou os bandidos e conseguiram interceptá-los.

Na abordagem, ocorreu nova troca de tiros. Um dos criminosos conseguiu fugir. Já o comparsa, com a arma ainda em punho, foi cercado e recebeu voz de prisão, rendendo-se e jogando a pistola ao chão.

Os policiais recolheram a arma, uma pistola Ruger P95 calibre 9 mm, ainda com uma munição, e encaminharam o preso para a 66ª DP (Piabetá).

O suspeito preso é morador da favela Nova Holanda, no Complexo da Maré, na zona norte da capital e possui 21 anos. A vítima, após o registro do roubo na 60ª DP, compareceu na delegacia de Piabetá e reconheceu o assaltante.

    Leia tudo sobre: perseguiçãorodoviaRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG