PM prende suposto braço-direito do traficante Matemático

Além do traficante conhecido como "Bruxo", outros cinco suspeitos foram detidos

iG Rio de Janeiro |

Seis traficantes foram presos em uma operação realizada por policiais militares do 27º BPM (Santa Cruz) na manhã desta sexta-feira (20) na Favela do Aço, no bairro de Santa Cruz, zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a PM, entre os presos está o traficante conhecido como "Bruxo", que seria o chefe do tráfico de drogas na comunidade e braço-direito de Márcio José Sabino Pereira, o Matemático.

Leia também: Saiba quem é o traficante Matemático, novo alvo número 1 da polícia do Rio

A operação de rotina teve início por volta das 6h20. Houve uma troca de tiros com traficantes na chegada dos agentes à favela, mas ninguém ficou ferido no confronto. Além dos presos, os soldados apreenderam durante a incursão rádios transmissores, cintos de guarnição, material para endolação de entorpecentes e uma quantidade ainda não contabilizada de cocaína e maconha.

Cerca de 30 policiais militares participaram da operação. O material apreendido e os presos foram encaminhados para a 36ª DP (Santa Cruz), onde a ocorrência foi registrada.

Outro comparsa

Mais cedo, a Polícia Civil anunciou a prisão de outro suposto braço direito de Matemático. O traficante João Antônio Gomes de Castro, vulgo Joãozinho da Vila Kennedy ou Joãozinho Olho de Vidro, foi detido por agentes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF).

Segundo os policiais, o suspeito foi preso na quinta-feira (19) durante uma operação na Vila Kennedy, zona oeste do Rio, que tinha como objetivo prender assaltantes de banco. Contra Joãozinho, há seis passagens por homicídio, formação de quadrilha e tráfico de drogas.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG