RJ terá R$ 1 bi para remover famílias de áreas de risco

O governador do Rio, Sérgio Cabral Filho (PMDB) anunciou que utilizará R$ 1 bilhão para a remoção de famílias que vivem em áreas de altíssimo risco. As remoções integram o Plano Diretor de Ocupação que o governo do Estado disponibilizará para os municípios do Rio.

Agência Estado |

De acordo com o governador, no próximo dia 15, o ministro da Fazenda Guido Mantega assinará a liberação de R$ 5,3 bilhões de recursos do Plano de Ajuste Fiscal. Parte desta verba será destinada às remoções.

Cabral esteve pelo terceiro dia consecutivo no Morro do Bumba, em Niterói, região metropolitana do Rio, onde estima-se que 150 pessoas estejam soterradas. Vaiado por cerca de 200 pessoas, ele atribui a manifestação popular a "políticos de quinta categoria".

"As casas de risco eminente serão removidas compulsoriamente. Este plano vai solucionar o problema da moradia de risco no Rio", acredita o governador.

Até esta tarde, 36 corpos foram retirados dos escombros do deslizamento. Só nesta manhã três corpos foram resgatados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG