RJ publica edital de licitação para carnaval 2010

A prefeitura do Rio de Janeiro publicou no Diário Oficial o edital de licitação para o carnaval 2010. Pela primeira vez desde 1995, a organização ficará a cargo da empresa que apresentar o melhor projeto de preços para a festa no sambódromo.

Agência Estado |

A Liga das Escolas de Samba (Liesa) tinha o monopólio do evento, por decisão do ex-prefeito Cesar Maia (DEM). A empresa vencedora da licitação ficará responsável pela infraestrutura dos desfiles: som e iluminação, montagem de frisas, cadeiras e camarotes, venda de ingresso, comércio e distribuição de comida e bebida.

A licitação estabelece os porcentuais da receita da venda dos ingressos: 53% para as escolas de samba, 10% de direitos autorais e, no mínimo, 7% para a prefeitura. A parcela para o município pode ser maior, de acordo com as propostas das empresas que disputarem a concorrência. A Riotur vai assinar um contrato com as escolas, garantindo a participação delas no desfile e os direitos de transmissão.

Licitar o carnaval era promessa de campanha do prefeito Eduardo Paes (PMDB). O monopólio da Liesa é alvo de ações judiciais, de inquérito no Ministério Público e já foi investigado por uma Comissão Parlamentar de Inquérito na Câmara dos Vereadores. O secretário de Turismo e presidente da Riotur, Antônio Pedro Figueira de Mello, esclareceu que a Liesa, "como qualquer outra empresa", pode participar da concorrência.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG