Rio volta a subir e Acre suspende operação 'De volta para casa'

Cerca de 800 famílias ainda estão nos abrigos públicos; Defesa Civil teme novas elevações do nível do Rio Acre

Wilson Lima, iG Maranhão |

A Defesa Civil do Acre suspendeu a operação “De volta para casa”, em Rio Branco, iniciada na terça-feira da semana passada por causa da elevação de pouco mais de 0,50 cm do Rio Acre, em menos de dois dias . Agora, o rio está com nível de 13,48 cm, apenas meio metro a menos do nível de transbordamento.

A elevação do Rio Acre deixou aproximadamente 6,4 mil pessoas desabrigadas. Metade delas já conseguiram voltar para casa. Hoje, 800 famílias (cerca de 3,2 mil pessoas) ainda estão em abrigos públicos.

Saiba mais: Cerca de duas mil pessoas já voltaram para a casa após cheia do Rio Acre

Rio Branco e Brasileia têm mais de 12 mil desabrigados pela cheia do rio Acre

Segundo informações da prefeitura de Rio Branco, a suspensão do processo de retorno dos desabrigados às suas residências ocorreu por medida de segurança. Principalmente porque a expectativa é que continue chovendo na região nos próximos dias.

A expectativa é que até esta sexta-feira (9) todas as pessoas que ficaram desabrigadas já estivessem de volta às suas casas. A Defesa Civil vai esperar até a próxima segunda-feira (12) para dar continuidade ou não à operação. Apesar da nova elevação do nível do Rio Acre, não há informações sobre novos desabrigados em Rio Branco.

AMAZONAS

No Amazonas, o Rio Negro, em Manaus, atingiu na quinta-feira a cota histórica do dia, chegando a 26,61 metros – 14 centímetros a mais que a cota de 2009, o antigo recorde para o dia 8 de março. Apesar disso, não existem registros de desabrigados na capital amazonense.

Levantamento da Associação Amazonense de Municípios (AAM) divulgado neste semana aponta que 35 cidades já decretaram situação de alerta por conta das chuvas.

Em Boca do Acre, distante 1.028 quilômetros de Manaus, a prefeitura decretou estado de calamidade pública em fevereiro. Pelo menos 800 pessoas ficaram desabrigadas e cerca de 15 mil foram atingidas direta ou indiretamente no município.

    Leia tudo sobre: rio acrecheiaamazonas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG