Rio Summer traz mais glamour à cidade maravilhosa

Rio Summer traz mais glamour à cidade maravilhosa Por Amanda Valeri São Paulo, 13 (AE) - O Rio de Janeiro foi palco entre os dias 5 e 8 de novembro do Claro Rio Summer, um evento que uniu moda, comportamento e entretenimento. O evento transformou os tradicionais e belos calçadões das praias cariocas em passarelas do fundo fashion que exibiram coleções de verão de 17 marcas, entre segmentos de moda praia e moda tradicional.

Agência Estado |

A edição desta semana selecionou três marcas de moda praia que trouxeram à cidade maravilhosa ainda mais calor, sensualidade e glamour que serão vistos no verão 2009.

A Blue Man percorreu o trajeto entre Parati e Diamantina e descobriu tesouros do Brasil Colônia que foram belamente transportados para as peças da grife. O brilho da pele negra se mesclou com a chita e, essa junção, foi representada pelas rendas e fuxicos. As cores da fauna e da flora do País tomaram a coleção, assim como o mosaico dos azulejos portugueses. A escrava Xica da Silva e a arara brasileira também inspiraram a criação da marca, que fez seu passeio pela passarela cheio de interferências barrocas. O fino corselet da corte, junto com a lycra, a lingerie e o lurex listrado trouxeram ainda mais glamour para a moda praia.

Uma parede "caiada", que transparece a união da arquitetura com o início da vida, foi o principal ponto de partida da Lenny. Texturas de tartaruga, besouro, borboletas e cobras vieram coloridas pelos tons de areia, azul, lilás, verde e bambu aquarelado. Os maiôs e os biquínis aparecem com recortes geométricos. Peças bordadas com mini-paetês vieram acompanhadas de vestidos, saias, com acessórios, como o capuz, e com nova silhueta, com o artifício do plissado. Cintos e pulseiras, presentes em quase todos os looks, sofisticaram ainda mais a coleção.

Já a Cia Marítima apresentou na cidade maravilhosa uma coleção com peças que foram os grandes sucessos da marca. A viagem passou pelos cenários do navy chic, pelo psicodelismo dos anos 60, pela rebeldia dos anos 70 e pelo romantismo da década de 20. A cintura baixa dos biquínis dividiu espaço com os maiôs recortados e com os vestidos esvoaçantes. As cores não seguem um padrão e formam um oceano multicolorido: preto e branco, chocolate, pele marinho, verde-água e lilás. Os acessórios vieram regidos por peças em prata com aplicações como nós, correntes e corações.

Q!Bazar

Começa amanhã e vai até o dia 23 de novembro, no Jockey Club de São Paulo, o Q!Bazar, que trará marcas nacionais e internacionais com descontos de variam de 40% a 70%. O evento, na sua 27ª edição, será realizado em um espaço de 11 mil metros quadrados que abrigarão 75 grifes. Parte da renda do evento, que nesta edição tem a modelo Fernanda Tavares como madrinha, será revertida para a campanha Câncer de Mama no Alvo da Moda, do Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC). Segundo a organização, a última edição do Q!Bazar recebeu 60 mil visitantes e foram vendidas mais de 150 mil peças. A expectativa dos organizadores é receber cerca de 100 mil pessoas e vender 300 mil peças na edição que começa amanhã. Mais informações no site www.qbazar.com.

Fique esperta!

As peças masculinas, com cortes e características marcantes, foram parar no guarda-roupa feminino há muito tempo. A vanguardista desta moda foi Coco Chanel. E neste verão não será diferente. Destaque especial para a calça masculina.

- De corte impecável, cavalo baixo e tecido levinho, ela serve como peça-chave no guarda-roupa e cabe em todas as ocasiões;

- As sapatilhas fechadas e sem salto são as melhores opções, tanto para o dia como para à noite;

- No visual mais casual, uma pólo ou uma camisetinha básica são as melhores opções. Já para o look noturno, topas de seda ou blusas de cetim dão um toque glamouroso.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG