Rio prende 23 flanelinhas que atuavam na zona sul

Vinte e três flanelinhas que atuavam no Leblon e em Ipanema, zona sul do Rio, foram presos na noite de quarta-feira, 24, em uma operação da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) com apoio da Polícia Militar. Os guardadores de carros agiam durante a noite, em grupo, loteando ruas e extorquindo os motoristas, segundo a Seop.

Agência Estado |

Eles serão indiciados por formação de quadrilha e extorsão. Um manobrista da Embrapark suspeito de dar cobertura aos flanelinhas também foi preso.

A operação mobilizou policiais e 22 agentes da Seop, divididos em quatro equipes, que agiram simultaneamente na Avenida Borges de Medeiros, em frente ao Clube Monte Líbano, e nas ruas Vinícius de Moraes, Farme de Amoedo e Joana Angélica, na altura da Praça Nossa Senhora da Paz. Motoristas teriam confirmado a ocorrência de extorsão, abordagem intimidatória e ameaça por parte dos flanelinhas.

Seis flanelinhas foram levados para a 14ªDP (Leblon) e outros 17, incluindo o funcionário da Embrapark, foram conduzidos para a 12ªDP (Copacabana).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG