Rio inicia modernização de bondinho do Pão de Açúcar

Uma das principais atrações turísticas do Rio, o bondinho do Pão de Açúcar começou a ser modernizado hoje com a inauguração de uma nova cabine teleférica. É o primeiro dos quatro novos bondinhos com capacidade para 60 pessoas que, suspensos por cabos de aço, dão acesso à estação intermediária do Morro do Urca.

Agência Estado |

Antes da primeira viagem, que contou com a presença do governador Sérgio Cabral (PMDB), o novo bondinho foi abençoado pelo cardeal arcebispo do Rio, d. Eusébio Scheid.

As novas cabines foram fabricadas por uma empresa suíça especializada em teleféricos e custaram 3 milhões de euros. O projeto, desenvolvido especialmente para o Pão de Açúcar, mantém o design do bondinho, que já se tornou parte da paisagem carioca. Além da pintura branca, a cabine ganhou apenas formas mais arredondadas. No entanto, o novo equipamento é mais confortável. Embarque e desembarque são mais fáceis. O vidro fumê ameniza o calor sem impedir fotos da vista durante o trajeto. O sistema de ventilação também foi repensado e as viagens ganharam uma trilha sonora de clássicos da MPB.

A diretora-geral da Companhia Caminho Aéreo do Pão de Açúcar, Maria Ercília Leite de Castro, afirmou que apesar de as cabines antigas estarem em perfeito estado de segurança, a empresa resolveu seguir a recomendação internacional de trocá-las a cada 35 anos. Para ela, apesar de os bondes já terem esta idade, eles mantêm um aspecto moderno. Por isso, o desenho original foi preservado. O bondinho transporta 850 mil pagantes por ano.

A segunda das quatro novas cabines será incorporada ao primeiro trecho no dia 25 e as outras duas, que farão o trajeto até o topo do Pão de Açúcar, serão instaladas em setembro. O próximo passo da modernização será, ainda este ano, a digitalização da operação do teleférico. O cabo de aço principal foi trocado em 2002 e tem 30 anos de vida útil.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG