Rio divulga locais de arrecadação de donativos

A Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria da Ordem Pública e da Guarda Municipal, iniciou ontem uma campanha de arrecadação de donativos a fim de auxiliar a população desabrigada após as chuvas que atingiram a cidade. A intenção é arrecadar colchonetes, alimentos não perecíveis, água e roupas.

iG São Paulo com Agência Estado |

Arte iG

Ao todo, dez unidades da Guarda Municipal receberão os donativos.

Veja abaixo a listagem dos postos:

- Centro: Centro Administrativo São Sebastião (sede da prefeitura - Rua Afonso Cavalcanti, 455, Cidade Nova)

- São Cristóvão: sede da Guarda (Avenida Pedro II, número 111);

- Botafogo: base operacional da Guarda Municipal (Rua Bambina, número 37);

- Barra da Tijuca: 4ª Inspetoria (Avenida Ayrton Senna, número 2001);

- Madureira: 6ª Inspetoria (Rua Armando Cruz, s/nº);

- Praça Seca: 7ª Inspetoria (Praça Barão da Taquara, número 9);

- Lagoa: 2ª Inspetoria (Rua Professor Abelardo Lobo s/nº - embaixo do viaduto Saint Hilaire, na saída do Túnel Rebouças);

- Bangu: 5ª Inspetoria (Rua Biarritz, s/nº);

- Tijuca: 8ª Inspetoria (Rua Conde de Bonfim, número 267);

- Campo Grande: 13ª Inspetoria (Rua Minas de Prata, número 200).

Dia de caos

Na terça-feira,  Rio de Janeiro viveu um dia de caos. Foram registradas 98 mortes , sendo a maioria vítimas de deslizamento de terra, e 202 pessoas ficaram feridas após uma forte chuva que atingiu o Estado.

As aulas foram suspensas, serviços públicos tiveram o expediente cancelado, o aeroporto Santos Dumont ficou fechado durante boa parte da manhã e empresas cancelaram a venda de bilhetes com destino para o Rio.

Esta é considerada a pior chuva já vista no Rio de Janeiro . Em 24 horas, o número de mortos superou o registrado nos quatro meses de verão em São Paulo.

Leia também:

Dramas e relatos

    Leia tudo sobre: chuva

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG