Ribeirão Preto-SP enfrenta epidemia de dengue

Ribeirão Preto, a cerca de 340 quilômetros de São Paulo, vive uma epidemia de dengue, com 105 casos confirmados desde o dia 1º deste mês. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, a cada dez exames realizados, quatro são positivos.

Agência Estado |

Há ainda outros cerca de 150 casos suspeitos, que dependem de exames.

Em todo o mês de janeiro do ano passado, a cidade registrou 41 casos da doença, de acordo com boletim da Secretaria de Estado da Saúde. A pasta informou que, nos próximos meses, três regiões devem receber especial atenção da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) - Araçatuba, São José do Rio Preto e Ribeirão. O calor e as chuvas favorecem a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença.

Cidades que registraram alto índice de Breteau - usado para medir a infestação por larvas do mosquito - vão receber campanhas de conscientização sobre o Aedes. Potim, a 170 quilômetros da capital paulista, registrou um índice quatro vezes maior que a segunda cidade no ranking e mereceu uma análise especial da Sucen.

Também receberão campanhas informativas Francisco Morato, Iguape, Guarujá, Conchas, Mococa, São Joaquim da Barra, Três Fronteiras, Araçatuba, Presidente Venceslau, Bauru e o bairro de Vila Sônia, em São Paulo.

Prevenção

A Vigilância Epidemiológica de Ribeirão Preto tenta acabar com os focos do mosquito por meio de uma força-tarefa, mas enfrenta dificuldades porque 28% das casas ficam fechadas. Para ter mais rapidamente o resultado dos exames, os agentes de saúde também montaram uma espécie de brigada. Eles percorrem as unidades de atendimento duas vezes ao dia recolhendo as amostras de sangue de pessoas com suspeita de dengue e encaminham ao laboratório municipal.

“Nos organizamos para uma situação de emergência. Dobramos a carga horária para dar conta da demanda porque estamos recebendo uma média de 40 exames por dia”, disse a encarregada do laboratório, a biomédica Elaine Manini Minto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG