A revitalização da Avenida Engenheiro Caetano Álvares, na zona norte de São Paulo, terminada em fevereiro, incluiu uma pista de caminhada de 2,2 quilômetros no canteiro central, quatro áreas com equipamentos de ginástica e 30 árvores. O resultado é o aumento de pessoas que caminham ou correm na pista.

Com o calor dos últimos dias, o local fica cheio e até os bares investem na dupla chope e petisco para atrair os baladeiros, já que novos postes de iluminação foram instalados.

A revitalização durou um ano e consumiu R$ 400 mil. “É um investimento baixo à medida que permite que a comunidade se aproprie do espaço público”, diz o subprefeito de Santana-Tucuruvi, Hélio Rubens Gonçalves Figueiredo. Três empresas da região assinaram um termo de cooperação com a subprefeitura, se responsabilizando pela limpeza e conservação das áreas.

Os moradores da região aprovaram a mudança, que trouxe também mais segurança. Antes, a caminhada era feita nas pistas da avenida, perto dos carros. Já os comerciantes elogiam as mudanças pois acreditam que o movimento vai aumentar. Nos últimos dois anos, lojas de veículos e acessórios automotivos deram lugar a bares - já são 12, próximos uns dos outros. A maioria dos bares aposta na dupla chope e porções generosas. Mas os novos estabelecimentos investem em decoração caprichada e música ao vivo, do pop rock ao pagode e até jazz. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.