Restaurant Week reúne 122 locais em SP com preço fixo

Para muitos paulistanos, hoje começa uma verdadeira maratona gastronômica. Em sua quarta edição, o Restaurant Week reúne 122 bons restaurantes - que até o dia 15 devem receber mais de 200 mil clientes, atraídos pelos preços fixos, de R$ 25 no almoço e R$ 39 no jantar.

Agência Estado |

É um ótimo custo-benefício, admite o médico Bruno Mendonça Coelho, que participa desde a primeira vez que o festival aconteceu. A ideia não nasceu aqui. Em Nova York, nos Estados Unidos, o evento gastronômico acontece desde 1992.

Morei durante 11 anos lá, onde trabalhei em uma rede de restaurantes, conta o empresário Emerson Silveira, proprietário do bar Camará, na Vila Madalena, e dono da marca no Brasil. Quando voltei, pensei que podia dar certo também na cidade. Foram cinco anos até a primeira edição da Restaurant Week tupiniquim, em setembro de 2007, com a adesão de 45 estabelecimentos paulistanos. Pelo preço fixo, as casas se comprometem a oferecer entrada, prato principal e sobremesa. É um negócio bom para todo mundo, acredita Silveira. Ganham o dono do restaurante, os garçons e os consumidores.

O número de clientes que o festival paulistano pretende atrair neste ano - 200 mil - é quase nada perto dos 2 milhões que frequentam o similar nova-iorquino no qual foi inspirado. Mas já representa bastante, defende Silveira. Conseguimos criar turismo gastronômico na cidade. A prova de que deu certo é que outras capitais brasileiras já estão realizando eventos iguais. No ano passado, foi a vez do Recife. Confira a programação completa no site do Restaurant Week . As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: restaurant week

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG