Ressaca no litoral do Rio de Janeiro e São Paulo continua no domingo

Ondas de até 4 metros em algumas praias do litoral carioca e de 3 metros em praias paulistas, como a de Maresias, causaram alguns transtornos aos turistas na manhã de hoje.

Agência Estado |

AE

Ressaca no Rio de Janeiro

Ressaca em Santos, no litoral de São Paulo

Segundo o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, ainda não há uma estatística sobre o número total de pedidos de salvamento, mas pelo menos dois pescadores foram resgatados após caírem da Pedra do Roncador, no Recreio dos Bandeirantes.

Segundo o meteorologista Marcelo Pinheiro, da Climatempo, essa foi a primeira ressaca do ano. "A elevação foi bem significativa e teve como causa um forte ciclone extratropical na altura da costa da Argentina. A ressaca deve continuar no domingo, deixando o mar bem agitado, mas diminuirá na segunda-feira", explicou.

Em São Paulo, os maiores estragos foram no município de São Vicente. O calçadão foi atingido pela água, que invadiu e danificou a Avenida Pedro de Toledo, junto à Praia de Itararé.

Também em São Vicente, um escrivão de polícia de 59 anos morreu afogado na manhã deste sábado. Os bombeiros alertam que o mar deve continuar agitado.

AE
Ressaca no Rio de Janeiro

Ondas de até 3 metros se formaram no mar em São Paulo

    Leia tudo sobre: ressaca no rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG