Resgates de fundos do Opportunity atingiram cerca de R$ 1 bilhão nos dias 8 e 9

SÃO PAULO - Os resgates de fundos na Opportunity Asset Management por conta das prisões de executivos da empresa na operação Satiagraha atingiram cerca R$ 1 bilhão nos dias 8 e 9 de julho, informou há pouco o diretor-comercial da gestora, Fernando Rodrigues. O valor inclui não somente os resgates dos fundos abertos, como também os fechados e os com carência, que deverão ser liberados nos próximos meses. O valor corresponde a 6,2% do patrimônio total da gestora, estimado em R$ 16,1 bilhões, e não R$ 20 bilhões como consta na Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid). A diferença de patrimônio se refere à dupla contagem na Anbid dos fundos que aplicam em carteiras do próprio Opportunity.

Valor Online |

Segundo Rodrigues, a diferença do valor estimado inicialmente, de R$ 100 milhões em resgates no primeiro dia e um valor um pouco maior no segundo, se deve ao fato de que eles levaram em conta apenas os saques em fundos abertos e com liquidez imediata. O número atual inclui também o que foi pedido agora, mas que só vai sair da cota daqui 30, 90 dias, explicou.

Segundo ele, a maior parte dos saques continua sendo de investidores institucionais. E a maior parte dos valores saiu de fundos multimercados. Rodrigues diz que o movimento de resgates não é preocupante e que a maioria dos clientes pessoa física, que respondem por 80% do patrimônio da gestora, continua mantendo as aplicações. O executivo lembra ainda que, antes dos problemas, a gestora acumulava captação no ano de R$ 200 milhões em multimercados. O valor de R$ 1 bilhão é praticamente igual ao que a Opportunity Asset captou em multimercados em todo o ano passado.

Hoje, segundo ele, o movimento dos clientes está mais calmo e a expectativa é que o pior já tenha passado. Nossa experiência em 2004 mostrou que o pior são esses dois, três primeiros dias, diz.

Ele afirma que Dorio Ferman deve reassumir suas funções na gestora amanhã. Detido pela Polícia Federal, Dorio foi liberado hoje por um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal.

(Angelo Pavini | Valor Econômico, para o Valor Online)

    Leia tudo sobre: pf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG