Requião decreta luto por morte de jornalista

O governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), decretou luto oficial no Estado, em razão da morte do jornalista e fundador da Folha de Londrina, João Milanez, ocorrida nesta manhã. João Milanez foi um heroico pioneiro do jornalismo do Paraná.

Agência Estado |

Era um homem limpo, democrático e meu amigo pessoal. É uma perda que sinto profundamente. Milanez foi uma figura importante, que nunca será esquecida pelo que fez e pelo que foi", disse o governador.

Segundo Requião, Milanez fez de seu jornal um dos mais influentes da história recente do Paraná. "A Folha foi, por muito tempo, o mais importante jornal do interior brasileiro", ressaltou. "O crescimento de toda a região norte do Paraná foi estimulado e documentado pelo jornal de João Milanez." Atualmente, o jornal circula em 302 municípios do Paraná, com tiragem de até 50 mil exemplares.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG