Repsol anuncia descoberta recorde de gás na Venezuela

A companhia de energia espanhola Repsol anunciou uma descoberta recorde de gás no campo Perla 1, na Venezuela. A empresa, que atua em parceria com a italiana Eni, estima que as reservas de gás, localizadas em águas rasas da costa do país, seriam de 7 a 8 trilhões de pés cúbicos.

Agência Estado |

O volume é o maior já descoberto pela companhia e equivale a mais de cinco anos de consumo de gás na Espanha.

Segundo a Repsol, o campo tem 60 metros de profundidade e pode alcançar uma superfície de 33 quilômetros quadrados. "Todos os testes apontam para que essa previsão seja correta", disse um porta-voz da Repsol. "Mas nós precisamos concluir os testes para determinar o exato tamanho do campo", afirmou ele, acrescentando que esse processo pode demorar várias semanas.

Mais cedo, o jornal espanhol El Pais citou o presidente venezuelano, Hugo Chávez, que teria afirmado que a Repsol fez sua maior descoberta de reservas de gás no país. Chávez disse ainda que o volume encontrado, entre 1,5 e 2 trilhões de pés cúbicos, é recuperável. A Repsol não confirmou esses dados. Chávez reuniu-se hoje em Madri com o presidente da Repsol, Antonio Brufau. Em caso de produção futura, as fatias da Repsol e da Eni, respectivamente, serão reduzidas para 32,5% cada uma, enquanto a estatal PdVSA ficará com 35%. As informações são da Dow Jones.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG